É necessário a morte!

Eu li no Twitter esses dias que para se falar de sentimentos é preciso sentir uma pontinha de angústia.

Talvez seja esse o motivo de estar escrevendo hoje..

Minha angústia não é de decepção, mas de desejar mais de Deus e saber q para se ter isso é necessário morte.

Ao ler a Bíblia, penso como aqueles homens de fé conseguiram ter tanto do Pai? Eles nem tinham o Espírito Santo.. E os apóstolos?! Como eram parecidos com Cristo!

É necessário a morte!

Às vezes os cuidados do mundo nos sufocam..
[grito de socorro da minh'alma].

Nascer de novo, de novo!

É fácil fugir da Cruz! Mas não é fácil viver sem ela..

É frustante viver pelas coisas naturais! É frustante esperar recompensa dos homens! É frustante confiar em pessoas... Mas é isso o q a carne procura! É disso q ela se alimenta..

Estou aqui no trabalho e um carro parou aqui na frente tocando: "Não há ninguém q possa nos amar assim, sem reclamar sofreu por nós, se entregou por vc e por mim"

Esse é o amor q traz satisfação verdadeira! Q nos completa! Q dá sentido a nossa vida!
Só Cristo nos preenche e viver p Ele é o q nos faz feliz!!!

Vendo tantas pessoas morrendo e perdendo tudo, perdendo suas famílias.. vendo as enchentes, tremores de terra, o mar se enfurecendo..

Não fomos salvos só para ser salvos e viver uma vida confortável. Fomos salvos para proclamar a salvação!!!

Até quando vamos nos conformar com esse mundo?
Até quando vamos fechar os olhos para isso?
Até quando vamos buscar no entretenimento a distração e fugir da responsabilidade de perder a vida por amor a Cristo?
Até quando vamos nos esconder atrás dos nossos empregos, faculdades, nossas casas?

Até quando minh'alma? Até quando???

Que Cristo nos liberte de nós mesmo!

O mundo espera uma resposta. Sabe qual é a resposta?
CRISTO EM NÓS!

"A criação espera com ardente expectativa a manifestação dos Filhos de Deus!"
Rm 8.18-19

Que isso seja real em ações na nossa vida!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

1 comentários:

Emeurgência na Igreja disse...

"Curti muito", Sua reflexão veio meio em tom de poesia! Ótimo parabéns!